sexta-feira, 26 de abril de 2019

A Cura da Mulher Moderna Através da Dança do Ventre por Elen Pereira de Moraes

Trabalho de realizado por Elen de Pereira Moraes para a conclusão do Módulo Fundamentos da Dança do Ventre do Curso de Formação e Capacitação em Dança do Ventre oferecido por FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde sob coordenação de Priscila Genaro


A Cura da Mulher Moderna Através da Dança do Ventre

O que é a Cura?

Sendo o dicionário Aurélio: ato ou efeito de curas; curativo; remédio; período de em queque se segue um tratamento contra uma doença, recuperação da saúde.

Entenda o que é a Saúde:

Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS define – se Saúde como “o completo estado de bem-estar físico, mental e social, e não simplesmente a ausência de enfermidade.”

Síndrome do pensamento acelerado (SPA):

O excesso de informação é a principal causa de SPA.

Nosso corpo:

“Ninguém existe em antes perceber o próprio corpo. Se nosso corpo constitui-se de vários pedaços, o movimento é o fator que nos possibilita juntar essas peças e criar unidade”. (Ivaldo Bertazzo).

Expressando as emoções:

“As pessoas conseguem ler as descrições no corpo do outro, entretanto os movimentos isolados são como palavras isoladas, que não formam uma frase coerente e não permitem a expressão de idéias”. (Laban, 1978)
“Nosso corpo é composto por cadeias de comunicação e de trocas do interior para o exterior. Essas trocas realizam-se tanto em nosso corpo quanto entre esse e o meio, em virtude de um corpo que fala, absorve e despende energia”.
(Pillates e Miller, 1998).

Conclusão:

A atividade física possibilita ao corpo a capacidade de homeostase, ou seja estar em equilíbrio de suas funções.

Agradeço pela oportunidade, em especial à professora Priscila Genaro e demais participantes.

Aula de Dança do Ventre gratuita
Se inscreva no link: www.fidescultural.com.br

Quer receber no seu whatsapp nosso textos e vídeos sobre a Dança do Ventre, faça parte da nossa lista de transmissão.
Mande uma mensagem para 11 96309 7091 dizendo seu nome e quero receber
.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Física Quântica X Dança do Ventre por Vanessa Natalie

Trabalho realizado por Vanessa Natalie para a conclusão do Módulo de Fundamentos da Dança do Ventre do Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre oferecido pelo FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde sob coordenação de Priscila Genaro

Introdução


O que é a física quântica?
Há pouco mais de cem anos, o físico Max Plack, considerado conservador, tentando compreender a energia irradiada pelo espectro da radiação térmica, expressa como ondas eletromagnéticas produzidas por qualquer organismo emissor de calor, a uma temperatura x, chegou, depois de muitas experiências e cálculos, à revolucionária ‘constante de Planck’, que subverteu os princípios da física clássica.

Este foi o inicio da trajetória da Física ou Mecânica Quântica, que estuda os eventos que transcorrem nas camadas atômicas e subatômicas, ou seja, entre as moléculas átomos, elétrons, prótons, pósitrons, e outras partículas. Planck criou uma fórmula que se interpunha justamente entre a Lei de Wien – para baixas freqüências – e a Lei de Rayleightn – para altas frequências  – ao contrário das experiências tentadas até então por outros estudiosos.

Albert Einsten, criador da Teoria da Relatividade, foi o primeiro a utilizar a expressão quantum para a constante de Planck E = hv, em uma pesquisa publicada em março de 1905 sobre as conseqüências dos fenômenos fotoelétricos, quando desenvolveu o conceito de fóton. Este termo se relaciona a um evento físico muito comum, a quantização – um elétron passa de uma energia mínima para o nível posterior, se for aquecido, mas jamais passará por estágios intermediários, proibidos para ele, neste
caso a energia está quantizada, a partícula realizou um salto energético de um valor para outro. Este conceito é fundamental para se compreender a importância da física quântica.

Seus resultados são mais evidentes na esfera macroscópica do que na microscópica, embora os efeitos percebidos no campo mais visível dependam das atitudes quânticas reveladas pelos fenômenos que ocorrem nos níveis abaixo da escala atômica. Esta teoria revolucionou a arena das idéias não só no âmbito das Ciências Exatas, mas também no das discussões filosóficas vigentes no século XX.

No dia-a-dia, mesmo sem termos conhecimento sobre a Física Quântica, temos em nossa esfera de consumo muitos de seus resultados concretos, como o aparelho de CD, o controle remoto, os equipamentos hospitalares de ressonância magnética, até mesmo o famoso computador.

A Física Quântica envolve conceitos como os de partícula – objeto com uma mínima dimensão de massa, que compõe corpos maiores – e onda – a radiação eletromagnética, invisível para nós, não necessita de um ambiente material para se propagar, e sim do espaço vazio. Enquanto as partículas tinham seu movimento analisado pela mecânica de Newton, as radiações das ondas século XX, porém, algumas pesquisas apresentaram contradições reveladoras, demonstrando que os comportamentos de ambas podem não ser assim tão diferentes uns dos outros. Foram essas idéias que levaram Max Planck à descoberta dos mecanismos da Física Quântica, embora ele não pretendesse se desligar dos conceitos da Física Clássica. 

A conexão da Mecânica Quântica com conceitos como a não-localidade e a causalidade, levou esta disciplina a uma ligação mais profunda com conceitos filosóficos, psicológicos e espirituais. Hoje há uma forte tendência em unir os conceitos quânticos às teorias sobre a Consciência. 

Físicos como o indiano Amit Goswami se valem dos conceitos da Física moderna para apresentar provas científicas da existência da imortalidade, da reencarnação e da vida após a morte. Professor titular da Universidade de Física de Oregon, Ph.D em física quântica, físico residente no Institute of Noetic Sciences, suas idéias aparecem no filme  Quem somos nós? E em obras como A Física da Alma, 
O Médico Quântico, entre outras. Ele defende a conciliação entre física quântica, espiritualidade, medicina, filosofia e estudos sobre a consciência. Seus livros estão repletos de descrições técnicas, objetivas, cientifica, o que tem silenciado seus detratores. 

Fritjof Capra, Ph.D., físico e teórico de sistemas, revela a importância do observador na produção dos fenômenos. Ele não só testemunha os atributos do evento físico, mas também influencia na forma como essas qualidades se manifestarão. A consciência do sujeito que examina a trajetória de um elétron vai definir como será seu comportamento. Assim, segundo o autor, a partícula é despojada de seu caráter especifico se não for submetida à análise racional do observador, ou seja, tudo se interpenetra e se torna interdependente, mente e matéria o individua que observa e o objeto sob análise. Outro renomado físico, prêmio Nobel de Física, Eugen Wingner, atesta igualmente que o papel da consciência no âmbito da teoria quântica é imprescindível.

Papel do Professor de Dança do Ventre

Saber interpretar o motivo pelo qual o aluno procura esta aula e ajudá-la a atingir seus objetivos pessoais mesmo não acredite ainda que ela tenha esta capacidade. Resgatar seu feminino que a vida moderna adormeceu. Saber que ela é uma propagação da sua arte e sendo assim de sua mestra.

O perigo é quando a formadora não conhece o poder que ela tem em suas mãos, o mesmo que ela pode fazer no sentido positivo ela também pode fazer completamente contrario e trazer o negativo, no sentido de não acreditar que a aluna também possa evoluir e não trabalhar com ela trazendo prejuízos irreparáveis muitas vezes pela ambição financeira ou falta de conhecimento.

Muito Além da Dança

Existem pesquisas que comprovam que a dança do ventre neste contexto da energia mais apurada dentro que estamos falando física quântica, ela pode resgatar e até mesmo trazer curas materiais e espirituais quando nova formação de personalidade. 

Já houve casos de mulheres que desabrocharam em suas profissões controlaram melhor suas finanças, desenvolveram melhor a habilidade de liderar pessoas, liberação de preconceitos e tabus, autonomia contra violências domestica conjugal.

No sentido de que existe uma energia cósmica em todas as matérias e se baseado no estudo científico que nos traz a física quântica podemos afirmar que a dança do ventre quando existe a entrega verdadeira traz a bailarina um novo canal de energias que podem sim transformar por completo a vida em todas as áreas.

O segredo

O segredo é na verdade que tudo que acreditamos com muita fé é realmente verdade, e muitas vezes a gente não vigia o negativo, e se você acredita que formará as melhores alunas sim, você formará, o mesmo acontece se você duvidar que não é capaz de fazer isso. O segredo é saber também fazer em aulas com que a sua aluna consiga se projetar sendo a melhor que ela mesma todos os dias, trabalhando fortemente sempre com o progresso.

Para melhorar a aplicação do segredo sempre segue esta regrinha básica:
Foco: Focar nos objetivos, trazer novos desafios superação de limites, ter metas de evolução, resgatar sempre os sonhos pelo qual teve a procura da arte, trazer os desejos ardentes.
Ação: Pensamento, sentimento, ação = resultado.
Resultado: Foco atingido.
Perspectivas novas: Quando existem novos sonhos existem mais evoluções, ajudar a encontrar novos objetivos maiores.
Melhoria contínua: Melhor resultado sempre, sem precisar lidar com as frustrações e neste sentido troque a cobrança de resultados por geração de novos sonhos.

Experiência pessoal

Tenho uma vizinha de apartamento que já fez aulas em diversos lugares e não se encontra, apesar de adorar a arte, em uma oportunidade sem trocas financeiras, até mesmo porque o inicio foi uma brincadeira de “vamos dançar” eu fui até a casa dela, iniciamos assim nosso momento e nesta ocasião ela disse que não conseguia fazer um movimento no corpo que chamamos de Camelo, e trabalhei com ela Física Quântica com a dança do ventre, projetando-a ao mar fazendo ela idealizar que as ondas do mar estavam em seu ventre e com voz serena somente passando frases positivas continuava estimulando o poder da atração e incrivelmente ela fez o movimento perfeito em pouco tempo e eu mesma filmei para que ela visse, esta foi uma experiência maravilhosa, e em poucos momentos que tive a oportunidade de ensinar, todas as vezes que eu aplicava dava certo.

Tempos e módulos

Tenho visto e pesquisado e até mesmo convivido com aulas de locais que fazem seus curso de dança do ventre por módulos, iniciantes, básico 1, básico 2 enfim, se aqui comprovamos que a lei da atração trabalha em conjunto com a dança não existe tempo que defina que uma pessoa que começou a pouco tempo não possa de repente superar uma outra que tem a fé fortalecida que não é capaz é tem mais de anos estudando ou que de repente esta mesma troque sua fé e passe a superar a anterior
por conta da bagagem de informações e experiências acumuladas.

Conclusão:

E por fim venho trazer a parte mais importante, didática, sim claro, tem varias outras a serem aplicadas e aqui estamos para aprender todas, mas com este conteúdo a conclusão é que as professoras que se formarem com esta metodologia com certeza será diferencial no mercado da profissão, ouse credite e sonhe, porque sim, você é capaz de propagar sua fé até deixar um legado para esta vida mesmo quando você não esteja mais nela.

Palavras finais: Você é vida, você é luz, você é a força que expressa a arte da deusa de
seu interior, você é soberana e sábia, você pode mais, você é perfeita criação e imagem e semelhança de uma energia suprema que está viva aí dentro de você.

Agradecimento: Primeiramente gostaria de agradecer sempre a força maior que sem esta força nada somos e com ela podemos tudo, que uns chamam de força do universo, outros de Jeová, outros e Oxalá, enfim tantos nomes e eu chamo de Deus. 

Muito obrigada pelos momentos em que eu me descubro cada dia mais nesta arte que me define, gostaria de agradecer á família que apóia, em especial o frutos de meu ventre Nicole e Sabrina, as amigas e companheira da dança do ventre que ajudam a sanar algumas dúvidas e que acompanham nesta evolução, um carinho especial pela Elizete que está comigo mais tempo e que aceitas minhas loucuras positivas, e por fim mais especial o agradecimento da Mestra Priscila Genaro que idealizou sonhou nos deu oportunidade de fazer parte de sua 1°turma de Formação de Professoras da Dança
do Ventre, quero agradecer pela paciência principalmente por conta do meu trabalho que exige dedicação e ela ajusta tudo por um sonho dela que envolve nós, por ser esta líder espetacular, por conseguir trazer alma para seu trabalho, que ama suas alunas e eu posso dizer com todas a letras que também amo e que ela nunca vai se livrar de mim.

Bibliografia
HTTP://WWW.infoescola.com/fisica/quantica/
HTTPS://osegredocom.br/2015/05/a-cura-da-mulher-moder-atraves-da-danca-do-
ventre/

Aula de Dança do Ventre gratuita
Se inscreva no link: www.fidescultural.com.br

Quer receber no seu whatsapp informações sobre a Dança do Ventre
é só mandar uma mensagem para 11 96309 7091 dizendo seu nome e quero receber

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Descobrindo a Deusa Interior por Ivani da Silva Santos

Trabalho realizado por Ivani da Silva Santos para a conclusão do Módulo de Fundamentos da Dança do Ventre do Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre oferecido pelo FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde sob coordenação de Priscila Genaro

DESCOBRINDO A DEUSA INTERIOR

Justificativa

Por sentir as dificuldades e bloqueios em várias situações desagradáveis, e conseguir através da dança ter essa consciência de poder ter uma deusa interior, fazendo ver o quanto que é capaz de vencer barreiras. A decisão de se trabalhar uma deusa interior, e poder ajudar mulheres que se encontram em dificuldades com sua auto-estima em baixa, assim ajudando a superar esses bloqueios interiores.

Descobrindo sua Deusa Interior

Se olharmos em nossa volta, veremos sinais evidentes do surgimento de uma nova consciência e de uma lucidez feminina.

O Despertar das Deusas Interiores

Vem como um método maravilhoso que desperta forças que estão em fermentação dentro de nós, sendo capaz de despertar os modos mais fundamentais de pensamentos sobre nós mesmo, seria como uma avaliação detalhada sobre nós mesmo, trazendo explicações para certas atitudes que tendemos a tomar sempre, assim como a cura de bloqueio que trazemos ao longo da vida. Essas poderosas forças
interiores, que provocam mudanças são denominados Deusas.

Os Principais tipos de Arquétipos de Deusa

Athenas

Deusa da sabedoria e da civilização, ela busca a realização profissional em uma guerreira, envolvendo-se com a educação, cultura intelectual, justiça social e política.

Profissões de mulheres regidas por Athenas

As Athenas modernas são advogadas, juízas, promotoras, assessoras, diretoras financeiras, mulheres em cargos administrativos em geral, atleta, guerrilheira, lida com cultura, assistente social, justiça e teatro.

O que a dança transforma em uma mulher regida por Athena?

Essa mulher tem a constituição racional, sua mente é seu mecanismo de defesa e tudo que se compreendido pelo metal. O corpo não consegue captar a mensagem musical ritmo, flexibilidade tornando difícil o desbloqueio corporal.

Cor dessa Deusa vai de vermelho ao vinho

Afrodite

Deusa do amor, esta voltada principalmente para relacionamentos humanos, sexualidade, romance, beleza, inspiração artística, deve tomar cuidado com intrigas, com tendências e atitudes fúteis em decepções amorosas pode assumir posturas de mulher que cansou de sofrer e acaba se envolvendo com muitos homens, retenção de magoas em cima de magoas sem perceber até podendo cair em profunda depressão.

Profissões de mulheres regidas por Afrodite

As profissões mais adequadas para uma mulher de Afrodite são modelo, atriz, poetisa, dançarina, pintora, decoradora,  lida com estética, beleza e artes.

As cores dessa Deusa é vermelho rubi.

O que a dança transforma em uma mulher regida por Afrodite?

São mulheres reprimidas pela família na adolescência através da musicas, vislumbram novamente a vontade e alegria de viver. Logo seus ventre começam a ondular como fogo serpenteando e seus corpos invadidos por um prazer imenso explodem as amarras libertando a deusa da prisão.

Perséfone

Deusa do submundo, ela é mediúnica e atraída pelo mundo espiritual, pelo oculto, pelas experiências místicas e visionárias e pelos assuntos ligados a morte e ao nascimento, mulheres Perséfone costumam se harmonizar e se concentrar nos ciclos menstruais e lunares dos quais ela deverá olhar para dentro de si, coisas que Perséfone tem grande facilidade e mais observar os ciclos lunares coisas que ela também tem grande afinidade.

Profissões das mulheres de Perséfone:

São terapeutas, parapsicóloga, astróloga, xamã, taróloga, cromoterapeuta, em todas as áreas holísticas para transformação do ser pode trabalhar também como detetive particular, defensora dos pobres arqueóloga, brechós de roupa antiga e antiguidades, empresária de agencia funerária ou cemitérios para classe alta. Podendo ser líder nas comunidades e esotéricas, proprietária de espaços esotéricos.

O que a dança transforma em uma mulher regida por Perséfone?

A dança é uma atividade que pode estar integrada a vida diária da mulher Perséfone, trazendo equilíbrio harmonia e sua mente e corpo. A cada movimento ela vai conseguindo externar seus sentimentos liberando-se das angustias causadas por traumas do passado.

Ártemis

Deusa da selva, ela é prática, atlética e aventureira aprecia a cultura física e a solidão, a vida ao ar livre e animais, dedica-se a proteção do meio ambiente aos estilos de vida alternativos e aos estudos de vida alternativos e as comunidades de mulher ou organização feministas, também são adoradoras da Lua.

Profissões de mulheres regidas por Ártemis:

Ecologista, de diretoras a faxineiras de parques ecológicos, veterinários, pet shop,
balconistas. Arremessadoras, campeãs de arco e flecha, bióloga, alpinistas, trapezistas,
turismo e piloto.

Cores: verde com nuance de marrom e cores escuras.

O que a dança transforma em uma mulher regida por Artemis?

Nos dias atuais são mulheres muito angustiadas e inquieta sem perceber começa a fazer as coisas e não termina, traz em si a beleza natural de sua alma frenética, mas quando dança tem muita dificuldade de soltar mãos e braços, mas fascina com seu corpo forte e garra selvagem.

Demeter

Deusa da colheita ela é uma verdadeira Mãe Terra que gosta de estar grávida, de amamentar e cuidar de crianças. Esta envolvida com todos os aspectos do nascimento e com os ciclos reprodutivos da mulher costuma gostar de criar hábitos caseiros, típica dona de casa ou senão transfere esse dom para cozinha, grande ligação com a família ou transfere essa característica como mãezona dos amigos e sempre repleta deles, zelosa com tudo e todos que ama, assim como carinhosa e caridosa.

Profissões para regidas por Deméter:

Professora, enfermeira, babá, cozinheira, sendo ótima para administrar restaurante com muita comida boa, costureira para alta costura.

Cores: Laranja e branco.

O que a dança transforma em uma mulher regida por Deméter?

Na dança usa musicas suaves e etéreas, no corpo ela ilumina-se irradiando sua alegria
para todos os setores de sua vida.

Hera

Deusa dos céus, ela se ocupa do casamento, da convivência com homem. Mulheres líderes ou governantes de questões ligadas ao poder, extremamente autoritária. Pela autoridade pode ser facilmente confundida com Atena, a grande diferença está no desejo da Hera de casar. Ela almeja status, progresso e aumento do seu patrimônio. 

Profissões para mulheres regidas pela Hera:

Diretora de entidades sociais, primeira dama, anfitriã e organizadora do lar e de grandes recepções.

Cor: Vinho com dourado, azul noite com prata.

O que dança transforma em uma mulher regida por Hera?

Através da dança a luz da Hera vem a tona aos poucos trabalhar dentro de si as qualidades das deusas Athena, Afrodite, Perdéfone, Artemis e Déméter.

É empresária da sua própria arte. Não é difícil de identificar uma bailarina de Hera, quando dança se admira o tempo todo no espelho, quer ser perfeita em sua técnica.

O poder das Deusas

As deusas existem em nós, são fontes de padrões emocionais de nossos pensamentos, sentimentos, instintos e comportamentos que de forma simples às vezes para nos expressar poderíamos chamar de características femininas.
Começar a tomar consciência do grande mundo interno que carregamos dentro de nós, estarmos em contato com o novo com toda a sua essência, abrir a porta para esse nosso autoconhecimento. Maior liderança e sensibilidade e aos poucos perceberá o despertar das deusas interiores que irá servir para curar as feridas, ter força e poder, para saber raciocinar diante dos caminhos da vida, saber falar, calar e aceitar que momentos da vida temos que se manter em mistérios.
Ver a vida mais ampla sabendo respeitar seus ciclos reconhecê-lo dentro de si e aprendendo a se amar mais.

Qual Deusa te rege? 

Toda mulher possui uma ou duas deusas predominantes na sua constituição é improvável que chegue a trocar inteiramente de deusa num ponto de transição da vida.

Conclusão

Podemos concluir que toda mulher através de sua dança pode transformar sua vida, descobrindo um novo despertar através de sua deusa interior cada uma pode encontrar várias deusas em cada etapa da vida.

Bibliografia

STRUZANI, Roberta (O Estudo das Deusas Através do Despertar do Feminino)
LYZ, Sueli (Dança do Ventre Descobrindo sua Deusa interior)


Aula de Dança do Ventre gratuita
Se inscreva no link: www.fidescultural.com.br

Quer receber no seu whatsapp informações sobre a Dança do Ventre
é só mandar uma mensagem para 11 96309 7091 dizendo seu nome e quero receber

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Personalidade e Criatividade na Dança do Ventre por Natacha Aime


Trabalho realizado por Natacha Aime para conclusão do Módulo de Fundamentos da Dança do Ventre do Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre oferecido pelo FIDES Centro de Cultura, Lazer e Saúde sob a coordenação de Priscila Genaro

Personalidade e Criatividade na Dança do Ventre

IDENTIDADE E MOVIMENTO
Quando se faz um treinamento criativo, expressivo, observa-se a conduta corporal, por exemplo, nas crianças o movimento aflora e flui, como a dança criativa contribui para facilitar a obtenção da maturação equilibrada, pois a dança espontânea é modo de estimular a motivação.
O mesmo ocorre nas chamadas danças primitivas e nas danças folclóricas, tendo em vista que as habilidades corporais são adquiridas gerando-se vínculos, em um ambiente propicio que desde cedo favoreça o autoconhecimento.

DESENVOLVIMENTO ARTÍSTICO NAS CRIANÇAS
Jean Piaget esclarece que o desenvolvimento artístico precede a adolescência. O futuro artista precisa adquirir habilidade em velocidade rápida para que na adolescência seu oficio já esteja consumado. Se ele, pode então resistir ao aumento de poderes críticos.

CRIATIVIDADE NA FASE ADULTA
O auge da criatividade é mais provável de ocorrer durante certas fases da vida, como nas crises de meia-idade, conforme de entendimento de Daniel Levinson e Erik Erikon.

Todd Lubart, autor do livro “Psicologia da criatividade”, concluiu que a performance criativa durante a fase adulta apresenta mudanças importantes, eis que no primeiros anos da vida adulta a criatividade seria mais intensa e objetiva, marcada pela espontaneidade e questionamentos. Acima dos 40 anos, seria mais elaborada, subjetiva e reflexiva, marcada por uma procura de harmonia e de integração de idéias e valores.

AS ESTRUTURAS DINÂMICAS DA PERSONALIDADE POR FREUD
Por volta de 1920, Freud desenvolveu o vocabulário de psicanalítico, ou seja, os conceitos tópicos de consciente e inconsciente que cedem lugar a três elementos, os quais constituíram o mundo dinâmico de estrutura de personalidade:
- Id
É constituído pelo conjunto de impulsos instintivos inatos, sendo responsável pelo processo primário. O exemplo ilustrativo é o sonho, no qual os desejos vão tentando uma satisfação alucinaria ao nível das imagens geradas.
- Ego
 O Ego surge como uma instância que se diferencia a partir do id, servindo de intermédio entre o desejo e a realidade. Diferenciado a partir de uma formação instintiva, para Freud, o Ego é acima de tudo corporal, ou seja, biológico.
Interessante notar que o ponto de partida de Freud e Piaget são similares nas origens, pois para ambos há uma formação instintiva inicial que se desdobra em estruturas mais sofisticadas a partir da elaboração da realidade.
- Superego
O Superego é responsável pela estruturação interna dos valores morais, ou seja, pela internalização das normas referentes ao que é moralmente proibido e o que é valorizado e deve ser ativamente buscado.
Ego ideal: corresponde a internalização dos ideais valorizados dentro do grupo cultural.
Consciência Moral: corresponde a internalização das proibições.

EXPLORAÇÃO DA CRIATIVIDADE ARTÍSTICA
No momento em que se explora a criatividade artística, os traços da personalidade e do caráter entram em ação. Alguém inclinado a atingir grandeza artística precisa nutrir uma motivação intensificada para superar-se, para distinguir-se. Possuído por uma visão poderosa, deve sentir-se compelido a expressar essa visão, de novo e de novo, através do meio simbólico de sua escolha. Deve estar disposto a viver com incerteza, a arriscar o fracasso e a vergonha, voltar de novo ao seu projeto até satisfazer seus próprios padrões exigentes, enquanto fala poderosamente para outros.
Por fim, uma vida inteira de experiência, habilidade e dedicação separam a criança pequena, “cujo dom a controla” (nas palavras de André Malraux) o artista adulto “que controla seu dom”.
Existe um vínculo entre cada criança e cada artista adulto talentoso. Além disso, para ambos, um meio artístico provê os meios para lutar com idéias e emoções de grande significado que não podem ser articuladas e dominadas através da linguagem convencional.
“Se eu pudesse dizer isso, não teria que dançar isso”, insistiu Isadora Duncan, captando, dessa forma, uma importante semelhança entre o artista adulto e a criança pequena.

Khalige
CONCLUSÃO
A personalidade tem como primeiro elemento a criatividade, que seria a vontade, o desejo e o sonho, porém, a realidade e os valores morais que também são elementos da personalidade fazem com que a criatividade seja reprimida.
Assim, deveríamos mobilizar os nossos desejos e fantasias e transformar o mundo imaginário em linguagem corporal para a Dança o Ventre.

Bibliografia
BRIKMAN, Lola, A linguagem do movimento corporal, Summus Editoral, ano 2014.
LUBART, Todd, Psicologia da Criatividade, Artmed Editora.
GARDNER, Howard, Arte mente e Cérebro, Uma abordagem cognitiva da criatividade, Artmed Editora, ano 1999.
RAPPAPORT, Clara Regina, Psicologia do desenvolvimento, Editora Pedagógica e universitária Ltda, ano 2014. 


Quer fazer uma aula inteiramente grátis de Dança do Ventre?
Se inscreva no site
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...