quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Estudando a Música Árabe 5 - Humor e Sabor na Música

"Acho que a verdadeira expressão da música absoluta tem de ser
 encontrada no mundo do som e nas relações sonoras"
Daniel  Barenboim

Na música utilizamos das expressões sabor e humor para determinar as impressões que sentimos ao ouvir o som de um instrumento.

Por exemplo: que sensações você tem ao ouvir o som do violino, que impressões ele te causa, se alguém lhe perguntasse como é o som do violino. Como você o descreveria?

Agora pense no som do piano.Quais sensações e impressões ele lhe causa? 
São as mesmas que a do violino?

Ao ouvir uma orquestra quais sons ficam mais em evidencia, que sons ficam escondidos quase imperceptíveis, mas são fundamentais na composição?

São estas impressões que chamamos de humor ou sabor. São elas que na Dança do Ventre determinam que caminho a composição coreográfica irá tomar.

Ao ouvir um som vibrante de um acordeom é quase inevitável fazer shime, mas alguns instrumentos a qualidade do humor é mais sutil. Ainda mais quando o instrumento está inserido numa orquestra ou conjunto musical. 

Numa orquestra onde vários instrumentos tocam juntos, este humor está representado nos conjuntos: cordas, sopro, metais madeiras, percussão e outros.

O mesmo acontece na orquestra árabe onde encontramos o alaúde, quanun, rebabe, nai, mijwiz, mizmah, derbak e os diversos tipos de pandeiro e outros instrumentos percussivos.

Cada instrumento possui seu humor e sabor próprio, ao passo que os conjuntos também produzem sabores e humores diferentes do instrumento sozinho, tudo isso junto irão determinar a condução da dança. 

Sons ondulantes movimentos ondulantes, sons vibrantes movimentos vibrantes, sons fortes, intensos, crescentes ou de impacto pedem movimentos da mesma natureza.

O comum para quem está iniciando é passar direto como se toda a musica fosse uma única onda, mas quando separamos cada instrumento e percebemos seu som, sua massa, seu humor e sabor a dança ganha vida, expressão e riqueza de detalhes.

Isso parece meio obvio, mas na prática o obvio geralmente não acontece. Assim o estudo prático e o treino constante é necessário.

Segue um link onde explico como pegar o Sack da música, estou um pouco nervosa no vídeo (gravar não é fácil rs) e contei errado o tempo, mas a explicação do sack é valida:



Para acompanhar os conteúdos:
  Instagram: priscilagenarodofides
Canal no telegram: priscilagenarodofides novo!
Facebook: PriscilaGenaro


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...