quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Por que Amamos a Dança do Ventre?

Outro dia em um grupo do Facebook um integrante questionou quanto a fala comum entre os praticantes de Dança do Ventre quando dizem que esta Dança resgata o Eu feminino é uma Dança Transformadora...enfim.   Questionava as mudanças psicofísicas que algumas pessoas relatam que ocorrem ao iniciar a prática e argumentava que ela não via nada disso na Dança, a praticava por achar linda somente.

Desde então passei a pensar sobre o assunto, pois pra min a Dança do Ventre foi exatamente tudo isso, me encontrei, me achei, me senti mais mulher, mais forte, mais tudo. Me descobri afinal.
Mesmo tendo vivenciado diversas danças, foi na Dança do Ventre que me senti artista com sua magia  e Deusa em plenitude ao mesmo tempo.

Mas por que isso ocorre com algumas pessoas e outras não? Por que algumas pessoas sentem tão vivamente as mudanças proporcionadas pela pratica da Dança e outras não?

Depois de mais de vinte anos de Dança convivendo com muitas alunas e alunos, cada um com suas histórias singulares, entendo que sim, a Dança do Ventre transforma, lapida, enriquece,  traz de volta algo que nem sabíamos que tínhamos. Mas para cada um este encontro é diferente e com intensidades diferentes, umas mudanças mais perceptíveis e outras mais sutis, mas sempre elas ocorrem.

Foi estudando o Yoga que encontrei uma resposta satisfatória para mim até o momento. Marcello Árias Dias Danucalov e RobertoSerafin Simões no livro "Neurofisiologia da Meditação" fazem uma extensa e profunda explicação sobre as mudanças químicas e fisiológicas que ocorrem no corpo e no encéfalo que leigamente acredito encaixa também na Dança do Ventre. Resumidamente a pratica da meditação desencadeia processos químicos que modificam a forma que o cérebro compreende o mundo externo,  causando novas ligações nervosas. Assim quem medita sente o mundo de forma diferente.

Acredito que a Dança também possa causar tais mudanças, mas não a Dança coreografada, onde a
preocupação com a sequencia, tempo, espaço e ritmo são predominantes exigindo uma ação racional e lógica. Embora seja comprovado que este tipo de Dança coreografada também proporciona inúmeros benefícios quanto ao nível de serotonina e cortisol no organismo, favorecendo a elevação da auto estiva e a diminuição do estresse e ansiedade, o que para muitos já é um ganho substancial na qualidade de vida.

Mas a Dança do Ventre vai muito além, quando estimulada de forma espontânea, sem coreografia, sem regras, somente um corpo que Dança de forma expressiva e instintiva, acredito que assim como a meditação traz profundas mudanças fisiológicas, o que muitos podem chamar de encontro com o Eu.

E foi isso que vivi e vivo com a Dança do Ventre. Quando estou sozinha em minha sala e me entrego a musica, não existe mais nada,   me sinto em total simbiose com o som que me preenche, sinto que o mundo se ilumina, cheio de Alegria, me sinto em Plenitude. O que também ocorre quando pratico Yoga.

Assim respondendo a pergunta inicial acredito que amamos a Dança do Ventre, pois nos faz seres unos em corpo e mente mesmo que inconsciente. Mesmo quando não temos esta intensão nossa mente transborda de emoções benéficas. Mesmo que não percebamos mudanças ocorrem em nossa mente e nossa forma de ver a vida e o mundo. Amamos a Dança do Ventre porque o mínimo que ela nos proporciona e a alegria do momento vivido.



terça-feira, 4 de julho de 2017

Senta que lá vem História!!! História da Dança!


Sempre gosto de citar Roger Garaudy, filosofo francês que escreveu o livro "Dançar a Vida", quando diz que  todo bailarino deve possuir uma grande cultura. Partindo deste pensamento acredito na importância do estudo da história da dança do ventre, a história da dança mundial, como  também a constante dialética entre a arte e a sociedade, como  o fazer arte resulta dos processos sociais e vice versa.
A dança enquanto fazer artístico  representa os diversos papeis sociais estabelecidos pela mídia e pelos meios de comunicação. Compreendendo os processo históricos fica mais fácil compreender o momento em que estamos vivendo e que rumo teremos.
A seguir um texto da professora do FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde Gabriela Braz que nos presenteia com um texto bem completo com a história do Ballet Clássico.



Dança do Ventre no FIDES com Priscila Genaro

Turmas Iniciantes
Avançadas
Formação em Dança do Ventre
Dança do Ventre On-line

www.fidescultural.com.br

Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES no FIDES: www.fidescultural.com.br

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre e baixo impacto, não tem tempo disponível ou está fora de São Paulo: Aulas Convencionais on-line. Click aqui para fazer aulas onde quiser
Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente






quinta-feira, 8 de junho de 2017

O Sucesso Profissional na Dança do Ventre

No Brasil são graduadas em Direito mais de 80.000 pessoas por ano, porém apenas 11% passam no exame da Ordem dos Advogados do Brasil. O que será que estes poucos aprovados tem de diferente dos outros 89% de aspirantes a advogados?
As pessoas de sucesso possuem algumas características em comum, vou listar três:

  1. Persistência: Não importa a dificuldade, insistem e perseguem seu objetivo, estudam, treinam e se aprimoram;
  2. Fé: Aqui não tem nada a ver com religião, mas a fé na certeza de suas escolhas, não importa o que digam, não  se importam com as criticas ficam firmes nas suas decisões, no que acreditam; 
  3. Coragem: São capazes de trocar um sábado a noite por estudo, pelo treino, têm coragem de acordar cedo num domingo para fazer um curso do outro da cidade, coragem de dizer não às pessoas que dizem largue isso, coragem de escolher o que seu coração diz às imposições alheias. Possuem coragem de enfrentar o mundo pela sua crença e desejo. 
Na Dança do Ventre não é diferente, quantos aspirantes a bailarinos se matriculam nas aulas e almejam seu lugar ao sol ao som do derbak cheio de brilho e glamour?

O caminho para qualquer profissionalização é um funil, muitos começam, mas vão se perdendo pelo caminho ouvindo a falacia dos que tem medo do sucesso ou procuram justificar seu fracasso dizendo, o bailarino precisa ter sorte, precisa de influencia, de dom, de ser bonito, de muito dinheiro... e por aí vai, inúmeros atributos são lançados àquele que obteve exito na carreira. Mas ninguém contou as horas de estudo, treino e empenho que aquele bailarino dedicou a sua carreira.
Quando digo se dedicou, não estou considerando apenas o estudo que é primordial, mas também na construção de sua trajetória de sucesso, se dedicando à sua carreira, assim como numa empresa onde o funcionário que deseja uma promoção se mostra competente para tal, o bailarino de Dança do Ventre também deve ter uma postura profissional, traçar metas e objetivos. Se preocupar com o marketing de seu trabalho, afinal seu corpo é sua empresa e seu conhecimento seu produto.
Muitas vezes falta visão empresarial para que o bailarino obtenha sucesso, outras vezes falta foco, que deve estar na valorização do seu trabalho. A Coca cola não implora pra você compra-la, mas diz a você o tempo todo como com ela sua vida é melhor.
Assim quem deseja ser profissional de sucesso além de buscar sua excelência de forma autentica, deve divulgar seu trabalho. Atualmente a internet possibilita um gama de oportunidades de divulgação, é só ter bom senso, estudo, persistência e acreditar que o resultado aparece. Deixe a falacia para os...enfim que não acreditam em si mesmo.

Dança do Ventre no FIDES com Priscila Genaro

Turmas Iniciantes
Avançadas
Formação em Dança do Ventre
Dança do Ventre On-line

www.fidescultural.com.br

Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES no FIDES: www.fidescultural.com.br

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre e baixo impacto, não tem tempo disponível ou está fora de São Paulo: Aulas Convencionais on-line. Click aqui para fazer aulas onde quiser
Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente

terça-feira, 16 de maio de 2017

Personalidade na Dança do Ventre, estudando bailarinas

"Não há nada pior que a atitude de um músico de orquestra 
que chega extremamente bem preparado, pronto para tocar as 
notas com perfeição, mas sem nenhuma personalidade..."
Daniel Barenboim

Apenar de Daniel Barenboim estar falando de música, este conceito pode ser aplicado em todo fazer artístico. Na Dança do Ventre encontramos bailarinas maravilhosas e outras tantas imitações de bailarinas maravilhosas. Basta um bailarino se destacar para que seu estilo seja imitado por todos os aspirantes a celebridade. Mas o que não percebem que esta se destacou exatamente por ter sua peculiaridade.
Estudar uma bailarina não é imitá-la, mas entender sua leitura musical e sua técnica. Assim podemos ir nos aprimorando fazendo comparações, agregando, modificando e adequando as técnicas observadas a nossa personalidade construindo nosso próprio estilo.
Outro ponto controverso quando falamos de dança com personalidade é que dançar com personalidade não é mudar a dança, inventar uma nova dança ou misturar danças, mas colocar a sua interpretação musical na dança, expor através dos movimentos a sua expressão, a sua compreensão da música ou sua intensão ao executar a coreografia.
Para desenvolver a criatividade dos alunos gosto de usar exercícios teatrais de construção de personagem, no qual o construir, desconstruir e reconstruir uma imagem corporal estimula a criatividade e expressividade. Como Labam diz, a dança é um teatro sem palavras. O bailarino deve dizer algo ao público, deve se fazer entender pelo público, para alguns bailarinos esta habilidade é inata, mas para grande maioria deve ser treinado com técnicas próprias.
Na Dança do Ventre em específico por ser uma arte visceral, o bailarino deve colocar toda a sua intensão e energia, o que não significa ser bruto, mas ser intenso, vivo até mesmo mordaz. Deve atingir o público na alma através das emoções que transbordas dos seus movimentos. Por isso cada técnica deve ser treinada "mil e uma" vezes de forma que sua execução se torne natural naquele corpo, assim no palco  esta técnica tão estudada possa ser literalmente esquecida, o que possibilita que  todos os movimentos transbordem emoções e expressões do algo que está a ser dito.
"Todo individuo que se comunica, seja ele músico, escritor
 ou pintor (e bailarino - acrescentado por mim), evidentemente está 
tentando ter um certo grau de poder, não só sobre o material,
 mas sobre o ofício em si"
Edward Said

Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES no FIDES: www.fidescultural.com.br

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre e baixo impacto, não tem tempo disponível ou está fora de São Paulo: Aulas Convencionais on-line. Click aqui para fazer aulas onde quiser
Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente

terça-feira, 25 de abril de 2017

Às Almas Dançantes do Mercado Persa


Neste final de semana estava eu no Mercado Persa olhando aquele mar de pessoas "purpurinadas" a ir de um lado para o outro, pessoas de todos os tipos, de todas as idades, de todos os sexos, de todos os tamanho, de todas as crença e de todos os sonhos. Mas naquele momento todos tinham um único desejo... DANÇAR. Uns dançavam literalmente no palco com todo esplendor de suas almas e outros dançavam nas cadeiras tomavam emprestado os corpos dos bailarinos e dançavam em suas mentes, mesmo sem se aperceberem disto, assim como aqueles que acompanhavam pela internet. Todos do mundo belly dance brasileiro estavam ligados de alguma forma, aquele espaço era um portal para mundo da dança, onde homens, mulheres e crianças, compartilhavam o mesmo amor, ao mesmo tempo, no mesmo espaço... quanta energia!!!
Infelizmente no pódio não cabem todos que subiram no palco...
Acredito que todas as pessoas não profissionais que deixaram suas famílias, viajaram horas, levantaram antes das 6 horas da manhã, que esqueceram de seus entes queridos, das datas importantes... para estarem lá glamourosos naqueles palcos  merecem uma medalha de ouro. Simplesmente por acreditarem que podem, por buscar seus sonhos sem se importar com o peso, a idade, altura, biotipo e figurino. Por se permitirem viver a glamour de um grande espetáculo, mesmo com o cansaço, a dor no pé, no joelho, o medo e a timidez foram e fizeram parte da história da Dança do Ventre no Brasil. Em abril de 2017 satisfizeram suas almas dançantes.
Eu também estava lá com os alunos do FIDES; dançamos, rimos, choramos, festejamos, lamentamos e vivemos. Pois a Dança é isso,  é vida,  força, coragem e emoção.
Uma medalha de ouro para todos homens e mulheres que na segunda- feira voltaram para seus trabalhos nada glamourosos, suas famílias, seus afazeres, que mesmo sentindo o cansaço dos músculos já estão pensando na próxima coreografia, no próximo figurino, no próximo espetáculo.
Parabéns a todas as almas dançantes que encontrei no Mercado Persa.







Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES: no FIDES: www.fidescultural.com.br

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre e baixo impacto,não tem tempo disponível ou está fora de São Paulo: Aulas Convencionais on-line. Click aqui para fazer aulas onde quiser
Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente



sexta-feira, 31 de março de 2017

Dança do Ventre em Grupo


A Dança do Ventre coreografada em grupo passou a ser desenvolvida massivamente no final dos anos 90 e inicio de 2000 com o crescimentos da prática da Dança do Ventre no Brasil. Atualmente é a forma mais apresentada, muitas escolas se especializaram nesta estrutura de dança que se diferencia da dança solo e exige dos bailarinos habilidades específicas:

 Compreender a proposta do coreografo: Em seu livro "Paralelos e Paradoxos" Edward Said dialoga sobre a música, mas algumas de suas reflexões podemos levar para dança. Como quando diz que um músico quando toca numa orquestra de quem é a leitura musical, dos músicos ou do maestro que rege ou do musico compositor da obra? Quando o bailarino dança uma coreográfica em grupo de quem é a interpretação musical? Acredito que o bailarino representa a interpretação do coreógrafo, se o passo é maior ou menor, com ênfase de um lado ou de outro, leve ou pesado, a posição da cabeça, dos braços, do tronco, até mesmo o sorriso mais contido ou mais aberto, o tempo de cada movimento e a mensagem da dança é uma intenção dada pelo coreógrafo. Assim o bailarino deve ter clareza da intenção deste e da mensagem da dança.

Desenvolvimento da memória corporal: Todos nós temos memoria corporal, por isso podemos fazer varias coisas ao mesmo tempo, dirigimos e conversamos, lavamos louça e assistimos televisão, e mais uma infinidade de ações mecânicas são realizadas enquanto o cérebro se ocupa de pensamentos, emoções diversas e de outras ações. Numa coreografia o movimento deve ser espontâneo e automático, não há tempo para reflexões sobre o que vem a seguir. Para isso existem os treinos não apenas das sequencias, mas também das técnicas que compõem a sequência. Muitas vezes uma pausa no estudo da sequência  pra treinar e desenvolver a técnica ali apresentada facilita sua memorização.
Foto do ensaio no FIDES
Desenvolver a percepção do todo: Quando se dança em grupo é imprescindível a habilidade de perceber o outro, saber e sentir onde cada bailarino está na coreografia, fazer uso da visão periférica para se localizar no espaço, saber o tempo do companheiro ao lado. Assim como os cardumes que nadam em sincronia, na dança em grupo o bailarino é parte de um todo e se movimenta em harmonia com este todo. Não existe o eu individualizado, mas a ação unica e conjunta do grupo, todos os integrantes são um único corpo que dança em harmonia, num mesmo tempo e energia, mesmo que na coreografia existam elementos em destaques ou em contraponto, tudo ocorre em harmonia.

A dança em grupo favorece a socialização, a empatia, a tolerância, o sentimento de "fazer parte" que traz grandes mudanças fisiológicas no organismo, Quando a dança em grupo é trabalhada para a união dos seres a felicidade, o afeto e a Paz cresce em todos. Como diz Vygotsky: 
"A arte é terapêutica para o artista e para o público"  



Inscrições abertas workshop on-line gratuito dia 11 de abril
se increva no link: http://fidescultural.klickpages.com.br/nova-pagina-874281490275744


Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES: no FIDES: www.fidescultural.com.br

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre e baixo impacto,não tem tempo disponível ou está fora de São Paulo: Aulas Convencionais on-line. Click aqui para fazer aulas onde quiser
Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente



quarta-feira, 8 de março de 2017

Para Aprender a Dança do Ventre

Este post tem o objetivo de tirar dúvidas sobre o Curso Livre de Formação em Dança do Ventre. Segue 5 perguntas que frequentemente respondo:

  1. O Curso serve para tirar o DRT?
Sim, no certificado há o numero de horas de curso, a porcentagem de aproveitamentos e as notas das avaliações,  excelente documento para qualificar seu estudo, visto que na avaliação do DRT é feita também a analise do currículo.
      
     2.  Quais os conteúdos do Curso de Formação em Dança do Ventre?
Fundamentos da Dança: Neste módulo são estudados todos os aspectos da dança, origem, processo de ocidentalização, orientalismo, mundo árabe e a dança, todas as danças agregadas a dança do ventre, danças folcloricas, estilos, intrumentos, psicologia da dança, danças místicas e danças contemporâneas;
Musicalidades: Compreensão da musica, celulas ritmicas, textura e forma musicas. Neste módulo aprendemos a ouvir a musica em toda sua amplitude para poder coreografar e dançar com mais facilidade;
Anatomia e estudo dos movimentos da dança: Estudo e compreenção dos movimentos, como eles se processam no corpo, o que possível e saúdavel para o corpo que dança, como prevenir lesões, aguçar o olhar para o corpo que dança compreedendo o movimentos, suas alavanças e eixos para o melhor desenvolvimento e aproveitamento deste.
Didática e Marketing pessoal: Neste módulo estruturamos o trabalho profissional em dança, desde a elaboração de aula para grupos diversos como crianças, 3ªidade, grupos especiais e também como alavançar a carreira profissional em dança.
Além da aulas práticas.

      3.  Por que 2 anos de duração?
O por ser um curso voltado para a formação profissional, necessita de uma carga horária considerável, o conteúdo oferecido é bem extenso e profundo. possibilitando ao aluno conhecimento suficiente para que ele seja um profissional competente e eficiente.
     
      4. Qualquer pessoa pode fazer o curso?
Sim, como tem a duração de 2 anos, com avaliações semestrais subentendesse que é tempo suficiente para o dominio das tecnicas de dança.

      5. O curso é oferecido em 3 formatos, existem diferenças entre eles?
Não em conteúdo, seja o extensivo, o intensivo ou o on-line os conteúdos são os mesmos, só muda a carga horária. Nosso objetivo é formar sempre excelentes profissionais seja da forma que ele escolher. Oferecemos toda atenção e apoio para que você possa crescer e evoluir  em seus estudos e práticas e atinja o sucesso na sua carreira. No curso on-line fazemos uso das mídias sociais para manter estreito contato, pra você senti aqui conosco, fazendo parte do grupo presencial. tirando dúvidas analisando sua dança através de vídeos, apoiando e incentivando. Nosso curso on-line vai muito além do vídeo aula á sua aula de dança na sua casa.

Se tiver mais alguma dúvida que não foi listada aqui pode entrar em contato pelo genaro priscila@hotmail.com ou Whatsapp: 11 99685-5874 terei prazer em te responder.

Se você quer ser um profissional qualificado para o mercado da Dança do Ventre essa é uma excelente oportunidade.

Segue vídeo sobre o tema:


Curso de Dança do Ventre on-line click aqui

Matriculas abertas para o Curso Livre de Formação em Dança do Ventre

Priscila Genaro e FIDES Centro de Cultura Lazer e Saúde oferecem cursos de Dança do Ventre em diversos formatos para atender a sua necessidade:

  • Para quem quer fazer uma atividade física alegre, de baixo impacto, que queima calorias, fortalece a musculatura, favorece amizades e combate o estresse: Aulas Convencionais Presenciais no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Extensivo Presencial no no FIDES: www.fidescultural.com.br
  • Para quem quer ser profissional, dar aulas e não tem tempo disponível: Curso de Formação e Capacitação de Professores de Dança do Ventre Intensivo Presencial no FIDES: no FIDES: www.fidescultural.com.br

Fides – Aprenda Dança do Ventre de Forma Diferente



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...